CENTRAL DE ATENDIMENTO: (11)3090-4336 | vendas@mobiloc.com.br

Carrinho (0) Fechar

Nenhum produto no carrinho.

Casa Saúde Trombose: O que é e quais são os principais sintomas?

Trombose: O que é e quais são os principais sintomas?

sintomas da trombose

Quer saber o que é a trombose, quais são os tipos de trombose e como tratar corretamente? Acompanhe o nosso artigo!

O que é a trombose?

A trombose é uma condição séria que ocorre quando um coágulo sanguíneo se forma em uma veia localizada no fundo do corpo. 

Um coágulo de sangue é um grupo de sangue que se transformou em um estado sólido.

Normalmente, coágulos sanguíneos nas veias profundas se formam na coxa ou na perna, mas também podem se desenvolver em outras áreas do corpo. 

Outros nomes associados a essa condição podem incluir tromboembolismo, síndrome pós-trombótica e síndrome pós-flebítica.

O que é a trombose
A trombose é uma condição séria

Quais são os tipos de trombose?

A trombose pode se manifestar de diversas formas, causando diversos problemas diferentes.

São eles:

1. Trombose arterial

A trombose arterial é um coágulo sanguíneo que se desenvolve em uma artéria. 

É perigoso, pois pode obstruir ou interromper o fluxo de sangue para os principais órgãos, como o coração ou o cérebro.

Se um coágulo sanguíneo estreita uma ou mais artérias que levam ao coração, pode ocorrer dor muscular conhecida como angina.

Já se um coágulo sanguíneo bloquear as artérias que levam a parte do músculo cardíaco, causará um ataque cardíaco. Se bloquear uma artéria no cérebro, causará um derrame.

Os sintomas, portanto, dependem de onde o coágulo sanguíneo se formou.

A maioria dos casos de trombose arterial é causada quando um processo chamado aterosclerose danifica uma artéria. Depósitos de gordura se acumulam nas paredes das artérias e fazem com que endureçam e se estreitam.

trombose arterial
A trombose arterial é um coágulo sanguíneo que se desenvolve em uma artéria. 

2. Trombose hemorroidária

Hemorroidas trombosadas são hemorróidas que não têm fluxo sanguíneo devido a coágulos sanguíneos. Eles geralmente são externos, mas também podem ser internos. 

As hemorroidas trombosadas não são consideradas perigosas, mas podem ser bastante dolorosas.

Elas também são conhecidas como:

  • Doença hemorroidária aguda;
  • Trombose perianal, que está se tornando mais comum porque o tecido envolvido pode não ser necessariamente o de uma hemorróida.

Na maioria dos casos, o coágulo sanguíneo é eventualmente reabsorvido pelo organismo e os sintomas se resolvem.

Mas se os sintomas não resolverem, ou se você tiver sintomas que precisam ser gerenciados, várias opções de tratamento estarão disponíveis, desde cremes tópicos até cirurgia.

3. Trombose cerebral

A trombose cerebral ou trombose do seio venoso cerebral ocorre quando um coágulo de sangue se forma nos seios venosos do cérebro. 

Isso impede que o sangue drene para fora do cérebro. 

Como resultado, as células sanguíneas podem quebrar e vazar sangue para os tecidos do cérebro, formando uma hemorragia.

Essa cadeia de eventos faz parte de um derrame que pode ocorrer em adultos e crianças. Pode ocorrer mesmo em recém-nascidos e bebês no útero. 

Um acidente vascular cerebral pode danificar o cérebro e o sistema nervoso central. Um acidente vascular cerebral é grave e requer atenção médica imediata.

4. Trombose aguda

A trombose vascular aguda ocorre quando um coágulo sanguíneo obstrui uma veia. 

As veias transportam o sangue de volta para o coração depois que o sangue é bombeado para diferentes partes do corpo e o oxigênio usado. 

Os bloqueios nesses vasos podem retardar ou até parar o fluxo sanguíneo e causar sérias consequências. Diferentes tipos de trombose vascular ocorrem em diferentes partes do corpo.

5. Trombose crônica

Um coágulo ou trombo, com mais de um a dois meses de idade, é chamado de “crônico”. 

O coágulo fica mais rígido e cicatriza na veia. Como resultado desse processo, a veia se torna muito menor e não permite que o sangue flua efetivamente.

Os pacientes com trombose crônica de membros inferiores experimentam inchaço nas pernas, dor e frequentemente descoloração da pele da perna abaixo do joelho. 

Esses pacientes geralmente recebem meias de compressão prescritas para ajudar com esses sintomas. 

meia de compressão para trombose
Pacientes com trombose geralmente recebem meias de compressão para ajudar com os sintomas

Quais são as causas da trombose?

A trombose é causada por um coágulo sanguíneo. O coágulo bloqueia uma veia, impedindo a circulação correta do sangue em seu corpo. 

A coagulação pode ocorrer por vários motivos. Esses incluem:

  • Lesões: Danos na parede de um vaso sanguíneo podem restringir ou bloquear o fluxo sanguíneo. Um coágulo de sangue pode se formar como resultado.
  • Cirurgia: Os vasos sanguíneos podem ser danificados durante a cirurgia, o que pode levar ao desenvolvimento de um coágulo sanguíneo. O repouso na cama com pouco ou nenhum movimento após a cirurgia também pode aumentar o risco de desenvolver um coágulo sanguíneo.
  • Mobilidade reduzida ou inatividade: Quando você fica sentado por um longo tempo todos os dias, o sangue pode se acumular nas pernas, especialmente nas partes inferiores. 
  • Certos medicamentos: Alguns medicamentos aumentam as chances de seu sangue formar um coágulo.
  • Condições genéticas: As condições genéticas, como Lúpus, Síndrome do Anticorpo Fosfolipídeo, Artrite Reumatóide e outras doenças autoimunes podem desencadear tromboses de repetição.

Quais os principais sintomas da trombose?

Os sintomas da trombose de membros inferiores, que é o tipo mais comum, ocorrem apenas em cerca de metade das pessoas que podem desenvolver essa condição. 

Os sintomas comuns incluem:

  • Inchaço no pé, tornozelo ou perna, geralmente de um lado;
  • Cãibras na perna afetada que geralmente começa na panturrilha;
  • Dor intensa e inexplicável no pé e no tornozelo;
  • Uma área da pele mais quente que a pele nas áreas circundantes;
  • Pele sobre a área afetada ficando pálida ou avermelhada ou azulada.

Pessoas com trombose na extremidade superior ou coágulo sanguíneo no braço também podem não apresentar sintomas. Mas se aparecer, os sintomas comuns incluem:

  • Dor de pescoço;
  • Dor no ombro;
  • Inchaço no braço ou mão;
  • Cor da pele azulada;
  • Dor que se move do braço para o antebraço;
  • Fraqueza na mão.

Como tratar os sintomas da trombose?

A trombose é uma condição médica séria. Informe imediatamente o seu médico se você sentir sintomas de trombose ou se for ao pronto-socorro mais próximo. Um médico pode verificar seus sintomas.

Os tratamentos para trombose concentram-se em impedir o crescimento do coágulo. 

Além disso, o tratamento pode ajudar a prevenir uma embolia pulmonar e diminuir o risco de ter mais coágulos.

Medicação

O seu médico pode prescrever medicamentos que diluem o seu sangue, como heparina (Clexane), varfarina (Marevan), enoxaparina (Lovenox) ou fondaparinux (Arixtra). 

Isso dificulta a coagulação do sangue. Ele também mantém os coágulos existentes o menor possível e diminui a chance de você desenvolver mais coágulos.

Se os anticoagulantes não funcionarem, ou se você tiver um caso grave de trombose, seu médico poderá usar medicamentos trombolíticos. 

Meias de compressão

Se você estiver em alto risco de trombose, usar meias de compressão pode impedir o inchaço e diminuir a chance de desenvolver coágulos.

As meias de compressão atingem logo abaixo do joelho ou logo acima dele. O seu médico pode recomendar que você os use todos os dias.

Filtros

Pode ser necessário colocar um filtro dentro da veia abdominal grande chamada veia cava se você não conseguir tomar anticoagulantes. 

Esta forma de tratamento ajuda a evitar embolia pulmonar, impedindo a entrada de coágulos nos pulmões.

Os filtros devem ser usados ​​por um período de curto prazo, até que o risco de tromboembolismo seja reduzido e os medicamentos para afinar o sangue possam ser usados.

Quais os cuidados a pessoa com trombose precisa ter?

Coágulos sanguíneos são uma condição médica séria. É importante conhecer os sinais e ser tratado imediatamente. 

Após ser diagnosticado, você precisa tomar todos os cuidados necessários para que os pequenos coágulos não te tornem problemas enormes.

Para evitar que novos trombos se formem, é muito importante usar roupas bem confortáveis. Aposente as calças jeans com elastano ou roupas muito justas.

Também evite ficar muito tempo sentado, sem movimentação das pernas ou com as pernas cruzadas. De tempos em tempos, levante-se e vá caminhar um pouco. 

O ideal, é que o paciente em tratamento de trombose tenha móveis adequados, como uma cama adaptável, como as camas de hospital, para que possa elevar as pernas e dormir confortavelmente, sem prejudicar a saúde da coluna.

Também é recomendável evitar as pancadas nos membros inferiores. Para isso, é importante ter uma escada de acesso à cama e tapetes macios e bem firmes no chão.

Conclusão

A trombose pode ser muito perigosa se diagnosticada tardiamente ou mal cuidada. Entre os problemas que ela pode causar estão as dores, amputações e até mesmo a morte.

Para evitar que a trombose se torne uma realidade ou para evitar a formação de novos trombos, a atividade física – nem que seja a mais básica – é a prevenção ideal.

Se você já tiver sido diagnosticado com trombose, converse com o seu médico sobre a melhor forma de tratamento.

Em alguns casos, será necessária a adaptação da casa, dos móveis e da rotina do paciente, para que o coágulo não se torne algo pior.

Se o seu médico recomendar móveis e camas adaptáveis, você deverá ir em busca de quem pode oferecer qualidade e preço baixo.

Só na Mobiloc você encontra móveis hospitalares para comprar ou alugar, para proporcionar o melhor tratamento para trombose.

Fale com um de nossos especialistas e escolha a melhor opção para você!

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez + 7 =