CENTRAL DE ATENDIMENTO: (11)3090-4336 | vendas@mobiloc.com.br

Carrinho (0) Fechar

Nenhum produto no carrinho.

Casa Saúde Tipos de tendinite: Conheça os principais

Tipos de tendinite: Conheça os principais

tipos de tendinite

Tendinite é a inflamação de um tendão. Isso acontece quando uma pessoa faz uso excessivo ou fere um tendão, por exemplo, durante o esporte.

A tendinite é, normalmente, ligada a uma lesão aguda com inflamação. Geralmente afeta o cotovelo, punho, dedo, coxa e outras partes do corpo.

A parte do corpo envolvida pode dar o nome à lesão, por exemplo, tendinite de Aquiles. Outros termos familiares são cotovelo de tenista ou golfista, joelho de saltador e ombro do arremessador.

A tendinite pode ocorrer em qualquer idade, mas é mais comum entre adultos que praticam esportes. Os idosos também são suscetíveis, porque os tendões perdem elasticidade e se tornam mais fracos com a idade.

Neste artigo, vamos conhecer os tipos de tendinite. Saiba o que é esta condição e quais as melhores formas de tratá-la. Confira!

O que é a tendinite?

Um tendão é um tecido que liga o músculo ao osso. É flexível, resistente e fibroso e pode suportar tensão. Um ligamento se estende de osso para osso em uma articulação, enquanto um tendão se estende de músculo para osso.

Tendões e músculos trabalham juntos e exercem uma força de tração. 

Tendões e ligamentos são resistentes e fibrosos, mas são conhecidos como tecidos moles, porque são macios em comparação com os ossos.

Se a bainha ao redor do tendão ficar inflamada, e não o próprio tendão, a condição é chamada tenossinovite. Tendinite e tenossinovite podem ocorrer juntas.

Quais são os tipos de tendinite?

Diferentes tipos de tendinite afetam diferentes partes do corpo.

Tendinite de Aquiles

O tendão de Aquiles está entre o calcanhar e o músculo da panturrilha. A tendinite de Aquiles é uma lesão esportiva comum. 

Também pode ser causado por sapatos que se encaixam mal ou não apoiam adequadamente o pé. É mais provável entre pacientes com artrite reumatóide.

Tendinite de Aquiles
O tendão de Aquiles está entre o calcanhar e o músculo da panturrilha.

Tendinite supraespinhal

Com tendinite supraespinhal, o tendão ao redor da parte superior da articulação do ombro fica inflamado, causando dor quando o braço é movido, especialmente para cima.

Alguns pacientes podem achar doloroso deitar no ombro afetado à noite. Se outros tendões na mesma área também forem afetados, o paciente pode ter síndrome do manguito rotador.

Tênis ou cotovelo de golfista

Um sintoma comum da epicondilite lateral, comumente conhecido como cotovelo de tenista, é a dor na parte externa do cotovelo. Pode irradiar em direção ao pulso.

Epicondilite medial ou cotovelo do jogador de golfe é dor na parte interna do cotovelo e é mais comum entre os golfistas. A dor é mais aguda ao tentar levantar contra uma força. 

Às vezes, a dor irradia para o pulso.

Tenossinovite estenosante de De Quervain

A bainha que envolve os tendões do polegar, entre o polegar e o punho, fica inflamada. Com a bainha espessa e o inchaço na área, torna-se doloroso mover o polegar.

Dedo ou o polegar

O dedo ou o polegar clica quando se endireita. Torna-se fixo em uma posição dobrada porque a bainha do tendão na palma da mão está espessa e inflamada e não permite que o tendão se mova suavemente. 

Às vezes, um nódulo se forma ao longo do tendão.

Tendinite no dedo ou o polegar
Às vezes, um nódulo se forma ao longo do tendão.

Tendinite do punho ou LER

Isso pode afetar os trabalhadores da linha de produção, que usam repetidamente o mesmo movimento com o pulso. 

Tendinopatia é outro tipo de lesão que afeta os tendões do punho. Esta é uma condição degenerativa ao invés de uma inflamação.

O que causa a tendinite?

As causas comuns incluem:

  • Lesão súbita
  • Repetição de um movimento ao longo do tempo

A tendinite geralmente se desenvolve em pessoas cujos empregos ou hobbies envolvem movimentos repetitivos, pois isso agrava os tendões.

Outros fatores de risco incluem:

  • Idade: os tendões tornam-se menos flexíveis com a idade e mais suscetíveis a lesões.
  • Profissão: Uma pessoa cujo trabalho envolve movimentos repetitivos, posições desajeitadas, atingindo frequentemente sobrecarga, vibração e esforço forçado tem um risco maior. 
  • Esportes: Esportes que envolvem movimentos repetitivos podem levar a tendinites.
  • Algumas condições de saúde: Pessoas com diabetes e artrite reumatoide são mais propensas a desenvolver tendinite.

Se a dor piorar repentinamente, ou se for subitamente impossível mover uma articulação, a pessoa deve procurar atendimento médico.

Quais são os sintomas da tendinite?

Os sintomas da tendinite geralmente incluem:

  • Dor que piora com o movimento;
  • Uma sensação de que o tendão está crepitando ou ralando enquanto se move;
  • Inchaço, calor e vermelhidão;
  • Um nódulo pode se desenvolver ao longo do tendão.

Se houver uma ruptura, poderá ser sentida uma lacuna na linha do tendão e o movimento será difícil. Os sintomas podem durar de alguns dias a várias semanas ou meses.

sintomas da tendinite
Os sintomas da tendinite podem durar de alguns dias a várias semanas ou meses.

Como a tendinite é diagnosticada?

Um médico perguntará sobre os sintomas e fará um exame físico. Quando o médico tenta mover o tendão, um som estridente pode ser ouvido. Isso acontece porque a bainha do tendão se tornou mais espessa e inflamada.

Se houver sensibilidade em um ponto específico do tendão, isso pode indicar tendinite.

Se o problema não desaparece com repouso, gelo e medicamentos sem receita médica, o médico poderá recomendar alguns testes. Um raio-x pode mostrar depósitos de cálcio ao redor do tendão, o que pode ajudar a confirmar um diagnóstico.

Outros exames de imagem, como ultrassom ou ressonância magnética, podem revelar inchaço da bainha do tendão.

Como tratar corretamente a tendinite?

O tratamento visa aliviar a dor e reduzir a inflamação.Em muitos casos, será suficiente o seguinte:

  • Descansando a articulação;
  • Tratamento quente e frio;
  • Analgésicos como o ibuprofeno, receitados pelo médico;
  • Tala da articulação afetada.

Bolsa de gelo ou água quente

Um bloco de gelo ou uma toalha quente pode aliviar a dor e o inchaço na área afetada. O gelo pode ser aplicado por 10 a 15 minutos, uma ou duas vezes por dia.

É importante não aplicar gelo diretamente sobre a pele. Enrole-o em uma toalha ou use um dispositivo de gelo especialmente projetado.

O alívio também pode advir de tomar um banho quente, aplicar toalhas quentes ou aplicar um medicamento tópico, como creme ou pomada, que aquece a área.

Normalmente, o gelo é melhor para lesões que ocorreram nas últimas 48 horas. Depois disso, o calor pode ser uma opção melhor.

Analgésicos

Medicamentos como o ibuprofeno e nimesulida, com efeitos anti-inflamatórios, podem ajudar no alívio das dores.

O mercado brasileiro conta com diversas medicações especializadas no alívio das dores causadas pela tendinite. Você pode encontrá-los nas farmácias mais próximas de sua casa.

No entanto, antes de tomar qualquer medicação, é muito importante consultar um médico. Ele poderá dizer qual é o melhor remédio para o seu caso em específico e receitar a dosagem correta.

Fisioterapia

A fisioterapia feita por um profissional habilitado poderá acelerar o processo de cicatrização do local e diminuir a inflamação. A terapia com eletrochoque também pode auxiliar no alívio das dores. 

No entanto, tudo deverá ser acompanhado e prescrito pelo médico e fisioterapeuta.

Descanso

O descanso permitirá que a inflamação diminua. Se uma atividade esportiva ou digitação, por exemplo, causa tendinite, a pessoa precisa descansar dessa atividade ou reduzir a intensidade com que a prática.

Um curativo, tala ou faixa pode ajudar a reduzir o movimento. Em casos graves, pode ser necessário descansar em gesso.

Por isso, é muito importante que o hospital escolhido para o tratamento possua as melhores instalações, como camas e colchões de boa qualidade, além de materiais de apoio, como talas e muletas, caso necessário.

Não descansar pode levar a complicações.

Conclusão

A tendinite é um processo inflamatório dos tendões que podem ser facilmente evitadas ao longo da vida.

É muito importante manter o corpo ativo com exercícios e evitar movimentos repetitivos. Os alongamentos e massagens relaxantes também são ótimos para a prevenção da tendinite.

Também é uma boa ideia evitar ficar em uma posição por muito tempo, especialmente se parecer desconfortável. É melhor mudar as atividades ou descansar e voltar depois.

Se o trabalho de uma pessoa envolve movimentos repetitivos que podem aumentar o risco de tendinite, eles devem discutir estratégias preventivas com seu empregador.

Uma complicação dos tendões inflamados, ou tendões com tendinite, é que eles podem se romper ou rasgar. Isso afeta mais comumente o tendão de Aquiles. Uma ruptura ou rasgo frequentemente precisará de cirurgia.

A Mobiloc oferece os melhores equipamentos auxiliares no tratamento de tendinite. Fale com um de nossos consultores e garanta os melhores tratamentos para os seus pacientes!

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − 2 =