Tipos de andadores

Tipos de andadores para idosos: conheça os principais e as características de cada modelo!

Os andadores para idosos são equipamentos elaborados para promover a locomoção, oferecendo suporte para o equilíbrio e, dessa forma, impedindo que as pessoas sofram algum tipo de lesão durante a caminhada.

Andar é uma das coisas mais importantes que aprendemos ainda, enquanto bebês. Entretanto, com o passar das décadas e com a chegada da terceira idade, a realização dessa tarefa considerada tão simples, pode se tornar complexa.

Por isso, em alguns casos, o andador pode ser indicado!     

Os andadores para idosos são utilizados com o objetivo de ajudar na mobilidade por pessoas com dificuldades de locomoção e problemas com equilíbrio, sintomas de doenças no aparelho locomotor ou degeneração dos membros superiores.

O andador é um equipamento usado por pessoas com comprometimento de marcha (andar), ajudando essa condição em situações de déficit de equilíbrio, força, disfunção ou em quadros pós-operatórios que comprometam os membros inferiores.

Neste artigo apresentaremos os tipos de andadores para idosos usados em processos de reabilitação. Continue lendo e confira mais sobre os andadores para idosos!

Quais os benefícios destes equipamentos?

Os andadores para idosos são dispositivos auxiliares são lançados para prevenir possíveis acidentes, além de facilitar as atividades do cotidiano.

O andador é uma tecnologia assistiva desenvolvida para fornecer estabilidade e precisão nos deslocamentos proporcionando conforto e segurança da pessoa com mobilidade reduzida.

Leia também: Aparelho de oxigênio portátil: conheça as características e funções deste equipamento respiratório!

Vantagens

O maior benefício que um idoso pode obter com o uso de andadores é que esses aparelhos oferecem o máximo de suporte e equilíbrio ao usuário, principalmente os que possuem roda dianteira. 

Aqueles sem rodas são geralmente carregados para caminhar. Os andadores de quatro rodas passaram a ter freios, proporcionando um melhor suporte aos usuários. 

Esses auxiliares de mobilidade são ideais para idosos que amam caminhar longas distâncias.

Outro grande benefício de usar um andador é sua facilidade de uso. A leveza desses dispositivos auxiliares os torna fáceis de usar tanto em ambientes internos quanto externos. 

O aparelho certo ajuda o usuário a se equilibrar e lhe dá uma sensação de independência, pois ele sabe que pode se locomover facilmente sem temer o risco de cair.

Além da leveza do andador, que facilita a movimentação dos idosos, as grandes rodas auxiliam o usuário a se movimentar rapidamente sem atrasos. 

Pessoas mais altas podem até mesmo aproveitar ao máximo este dispositivo auxiliar ajustando sua altura de acordo com sua conveniência. Isso torna os andadores ideais para idosos de todas as alturas.

Tipos de andadores para idosos

O principal objetivo do andador para idosos é auxiliar na mobilidade do seu usuário. Cada tipo de andador para idoso tem suas vantagens.

Conheça cada um deles:

1.    Andadores fixos e articulados

Andadores sem rodas: são simples, porém muito benéficos em casos de pessoas com dificuldades menos avançadas de locomoção e que possuem segurança só com o uso de bengalas.

Estes tipos de andadores para idosos requerem força, uma vez que é necessário erguer o aparelho e propulsar para frente durante a caminhada. O usuário necessita ter capacidade de força nos membros superiores e o gasto de energia também será maior.

Os andadores fixos, por outro lado, devem ser elevados completamente durante o uso. Os articulados sempre mantém um ponto de apoio no solo, o que evita ser arrastado.

Conheça a linha de andadores para idosos completa da Mobiloc!

2.    Andador com rodas

Este é mais fácil e prático o manuseio, quando são comparados aos dispositivos fixos e articulados. Com o andador com rodas o usuário não terá de erguer o aparelho para se deslocar.

Estes tipos de andadores para idosos tem indicação para quem não tem aumento de força física ou possui menos resistência nos membros superiores.

tipos andadores para idosos com rodasAndadores para idosos com rodas

3.    Andadores motorizados

Este modelo nada mais é que carrinho elétrico. Tem a denominação de andador motorizado.

E permite que os idosos permaneçam sentados e dê os comandos para a movimentação com a segurança, conforto e facilidade.

São diferentes os modelos. Entretanto, os compactos e até os dobráveis têm sido cada vez mais procurados para que possam ser transportados sem dificuldades.   

Leia também: Tipos de camas hospitalares: conheça as funções e características de cada modelo

Qual é o melhor andador para idosos?

Existem diversos modelos de andadores no mercado e existem alguns detalhes que você poderá considerar na hora de escolher o melhor andador para idosos. 

Para ajudá-lo, listamos as 3 características mais importantes que um andador para idosos precisa ter:

  • Ajustabilidade: procure ajuste na altura das alças para encaixe e suporte adequados. Cada idoso possui um tamanho e, por isso o ajuste de altura é muito importante;
  • Estabilidade apropriada: quanto mais apoio o idoso precisar, melhor é os andadores de 4 rodas. Além disso, os andadores com assento também poderão garantir estabilidade para o idoso, mesmo nos momentos de fraqueza.
  • Avaliação do peso: a maioria dos andadores são avaliados para até 130 quilos. Para pesos corporais maiores, o ideal é considerar modelos de andadores bariátricos.

Atenção e cuidados na hora de escolher um andador para idoso

  • Antes de realizar a compra, observe se o andador tem sistema de regulagem de altura. Pessoas têm tamanhos diferentes. Frequentemente, os andadores ortopédicos, possuem sistema de regulagem de altura por pinos ou rosca e a média da regulagem são para pessoas de 1,5 a 2 metros.
  • Modelo ideal: existem vários modelos de andadores ortopédicos, porém os mais usados são os de “quatro pernas”. Estes conferem mais mobilidade. Também com rodas anteriores podem auxiliar quem tenha dificuldade em levantar ou articular o andador.
  • Resistência e carga: a carga é outro fator importante. A média de resistência de carga de um andador ortopédico é de 100 a 130 kg. No caso da pessoa possuir peso acima dessas cargas, podem necessitar, apesar de raros: modelos especialmente fabricados para quem tem um peso superior.
  • Ponteiras: andadores possuem ponteiras nas extremidades distais dos seus pés. É importante saber onde adquirir as ponteiras para reposições futuras.
  • Indicações profissionais: é sempre importante a orientação profissional da saúde (fisioterapeuta e médico) que possam indicar o melhor modelo para as suas necessidades.
  • Rodinhas: pode auxiliar, porém, dependendo do tipo de terreno, pode apresentar um risco. Prefira o andador com o fechamento, podem ser transportados no porta-malas.
  • Tenha certeza do suporte do peso. De acordo com o peso, pode ser substituído por uma mais resistente.

Alguns cuidados na manutenção dos andadores

tipos andadores para idosos cuidados na manutencao
  • É importante manter o equipamento sempre seco, uma vez que a proteção, a fabricação conta com metais, o que acaba levando a uma vida útil menor, se a umidade for grande e contínua no produto, já que pode oxidar e se tornar frágil e menos seguro para o usuário;
  • Guarde o andador em locais que fiquem protegidos do calor solar e da umidade;
  • Isso evita uma possível redução da durabilidade do equipamento. A força do material pode ser afetada caso haja uma exposição durante muitas horas sem movimentação, por isso a importância de serem guardados em locais com sombras e mais secos.

Dicas para o uso de andadores

Utilizar um andador é uma tarefa bem simples. Idosos que sofrem com problemas de locomoção ou que buscam mais firmeza na caminhada, podem seguir estes passos:

Forma segura para andar com o andador de idosos

  1. Empurre ou levante o andador alguns centímetros e empurre-o para o comprimento de um braço à sua frente.
  2. Certifique-se de que todas as 4 pontas ou rodas do andador estão tocando o solo antes de dar um passo.
  3. Dê um passo à frente com sua perna fraca primeiro. Se você fez uma cirurgia nas duas pernas, comece pela perna que parece mais fraca.
  4. Em seguida, dê um passo à frente com a outra perna, colocando-a na frente da perna mais fraca.
  5. Repita os passos 1 a 4 para avançar. Vá devagar e caminhe com boa postura, mantendo as costas retas.

Forma segura para sentar ou se levantar, com o andador de idosos

Para se levantar:

  1. Coloque o andador à sua frente com o lado aberto voltado para você.
  2. Certifique-se de que todas as 4 pontas ou rodas de seu andador estão tocando o solo.
  3. Incline-se ligeiramente para a frente e use os braços para ajudá-lo a se levantar. NÃO puxe ou incline o andador para ajudá-lo a se levantar. Use os apoios de braço ou corrimão da cadeira, se houver. Peça ajuda se precisar.
  4. Pegue as alças do andador.
  5. Você pode precisar dar um passo à frente para ficar em pé.
  6. Antes de começar a andar, fique em pé até se sentir estável e pronto para seguir em frente.

Para se sentar:

  1. Volte para a cadeira, cama ou banheiro até que o assento toque a parte de trás de suas pernas.
  2. Certifique-se de que todas as 4 pontas ou rodas de seu andador estão tocando o solo.
  3. Estenda a mão para trás e segure o apoio de braço, cama ou vaso sanitário atrás de você. Se você fez uma cirurgia em ambas as pernas, estenda a mão para trás com uma das mãos e depois com a outra.
  4. Incline-se para a frente e mova a perna mais fraca para frente (a perna na qual você fez a cirurgia).
  5. Sente-se lentamente e deslize de volta para a posição.

Para subir e descer degraus ou escadas: 

  1. Coloque o andador no degrau ou meio-fio à sua frente, se for subir. Coloque-o no degrau debaixo ou meio-fio, se for descer.
  2. Certifique-se de que todas as quatro pontas ou rodas estejam tocando o solo.
  3. Para subir, suba primeiro com a perna forte. Coloque todo o seu peso no andador e coloque a perna mais fraca no degrau ou meio-fio. Para descer, desça primeiro com a perna mais fraca. Coloque todo o seu peso no andador. Traga sua perna forte para baixo ao lado da perna mais fraca.

O andador é uma uma órtese

O andador é uma órtese, assim como a bengala. Os andadores são projetados para garantir mais firmeza e estabilidade no caminhar, principalmente para os idosos.

Diferentemente das próteses, que substituem membros, órgãos ou partes do corpo, as órteses servem para auxiliar, alinhar ou regular determinadas partes do corpo, garantindo o correto funcionamento, evitando deformidades ou compensando insuficiências.

Andador ou bengala?

Para escolher o melhor dispositivo para auxiliá-lo na caminhada, você deverá sempre consultar um médico ou fisioterapeuta.

Os profissionais qualificados, podem apontar o andador ou a bengala como melhores para o seu caso. As bengalas e os caminhantes têm suas próprias vantagens e desvantagens.

As bengalas são geralmente ideais para problemas que ocorrem em um lado do corpo (se você tiver dores ciáticas em uma perna, por exemplo), enquanto os andadores são mais adequados para dores que ocorrem em ambos os lados (se você tiver fraqueza em ambas as pernas, por instância).

Onde comprar andadores para idosos?

Você poderá comprar andadores para idosos ou bengalas em lojas de produtos e equipamentos médicos na sua cidade, ou em lojas online, para comprar de onde você estiver.

Aqui na Mobiloc, oferecemos uma variedade de andadores para idosos, bengalas e muletas, para que você possa escolher de acordo com a sua necessidade.

Só na Mobiloc você encontra os melhores fabricantes, preço justo, garantia de qualidade e entrega expressa!

Conclusão    

Os andadores para idosos são órteses úteis e necessárias, para os usuários que precisam de um auxílio para caminhar.

Os andadores para idosos podem prevenir acidentes e são classificados por fixos, com rodas e motorizados.

Oferecem estabilidade e precisão nos deslocamentos com conforto e segurança da pessoa com mobilidade reduzida.

O andador é indicado para idosos que têm dificuldade de usar as pernas para caminhar. 

Os andadores oferecem mais equilíbrio, estabilidade e força para caminhar, ao se levantar, subir ou descer degraus e escadas, garantindo maior independência para os idosos.

O equipamento aumenta as capacidades do seu usuário já que propicia mais segurança e aumenta a mobilidade. 

Além disso, muitas quedas são evitadas, reduzindo o risco de chances de lesões e traz mais qualidade de vida ao idoso.

Conte com a Mobiloc para encontrar os modelos perfeitos para você! Fale com os nossos consultores e tenha mais garantia e segurança para a sua compra!

Confira nossos outros artigos:

2 comentários em “Tipos de andadores para idosos: conheça os principais e as características de cada modelo!”

  1. Bom Dia.
    Minha mãe tem 91 anos, Alzheimer moderado e osteoprorose. Às vezes ela perde o equilíbiro (normalmente para trás), vcs me indicariam um aparelho ortopédico para ela? Obrigado

  2. Alexandre Malafaia

    Olá Roberto! Tudo bem? Indicamos sempre avaliar com o médico que acompanha para saber orientar melhor a paciente e suas necessidades. Obrigado por acompanhar nosso blog!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dois × quatro =

Rolar para cima