Como abrir um consultório médico? [Guia Completo]

Abrir o consultório médico é um sonho de muitos médicos, mas para que todo o seu investimento não se torne rapidamente um completo pesadelo. Veja, a seguir, as dicas de especialistas para abrir seu consultório e se tornar um profissional de sucesso!

Introdução

Se você se formou em medicina e não tem a intenção de trabalhar em um hospital, certamente abrir um consultório médico acaba por se tornar uma meta em sua vida profissional.

Poder atuar de forma independente, segundo seus próprios princípios, pode ser uma forma incrível de iniciar a sua carreira na medicina.

No entanto, para abrir um negócio – e o consultório é, justamente, um negócio -, é preciso ter uma série de cuidados para acabar não desperdiçando recursos e energia em etapas desnecessárias ou pouco úteis e deixar de investir em recursos mais do que essenciais para o seu sucesso.

Quer saber mais? Fique conosco!

Como abrir um consultório médico?

Para abrir um consultório é essencial que você tenha sempre em mente que, ainda que ele se volte para o atendimento médico, para a busca de tratamentos e de apoio em momentos que a saúde dá sinais de que não vai bem, ele ainda é uma empresa e deve ser tratado como tal.

O entendimento comum de que um consultório médico só existe para tratamentos de saúde é bastante equivocado. 

De lá, você deve ter lucros, ter um controle de caixa rigoroso e, ainda, buscar seu sustento.

Assim, abrir um consultório requer conhecimentos sobre a área administrativa e de gestão, bem como buscar ajuda de um contador já especialista no assunto.

Diante de todos esses pontos, abrir um consultório pode se tornar mais simples, desde o momento de abrir um CNPJ e buscar pelas licenças necessárias, encontrar um local, fazer seus primeiros investimentos em equipamentos e decoração até a hora de atender seu primeiro paciente.

Escolha a categoria e especialidade do consultório médico

Existem, para além das especialidades médicas, algumas categorias que devemos sempre observar no momento abrir o consultório e dizem respeito ao tipo de público que você deseja atender, bem como qual o seu real objetivo.

Em relação à especialidade, certamente você passou por um processo de residência médica, que lhe formou um profissional apto para trabalhar em um segmento específico da medicina.

Caso, no entanto, você tenha apenas se formado e deseje trabalhar em clínicas gerais, a atenção precisa ser ainda redobrada a fim de atender ao público que você deseja.

Dentre as opções de categoria de consultório, podemos perceber a existência de:

  • Clínicas populares – Que costumam ter baixo custo no valor da consulta e alta demanda de pacientes;
  • Clínica integrada – Em que você pode dividir o espaço com uma série de outros especialistas;
  • Clínica de diagnóstico – Em que o médico busca o diagnóstico e o tratamento de doenças complexas;
  • Clínicas especializadas – Em que o médico atua geralmente sozinho ou dividindo o espaço com outros especialistas em uma mesma área, como, por exemplo, ginecologistas.

Escolha o local ideal para o seu consultório médico

Escolher o local em que você irá atuar é essencial para poder fazer seu planejamento estratégico. 

Em um local em que há grande concentração de clínicas de imagem e de diagnóstico complementar, há também maior concentração de pacientes, que naturalmente irão buscar o seu consultório.

Se você busca, por exemplo, por criar um consultório de pediatria, buscar um local próximo de escolas também é uma boa opção.

Além disso, buscar por um bairro majoritariamente residencial é uma excelente opção para quem deseja abrir uma clínica popular, que será referência para a população do local.

Dicas de como escolher o melhor local para um consultório médico

  • Busque por lugares em que haja concentração de potenciais pacientes, como escolas, caso seu consultório seja pediátrico;
  • Concentre sua atenção ao redor de maternidades caso sua especialidade seja de ginecologia e obstetrícia;
  • Caso sua especialidade seja ortopedia, concentre seus esforços em lugares próximos a clínicas de imagem;
  • Em caso de você estar abrindo um consultório focado em atender idosos, busque por salas comerciais em bairros majoritariamente residenciais, a fim de se tornar uma referência para esse público;
  • Se você está buscando abrir uma clínica popular, concentre também sua atenção em bairros residenciais ou em lugares centrais, de fácil acesso, próximo a estações de ônibus.

Organize o alvará de funcionamento da clínica

Abrir um consultório requer licenças e alvará de funcionamento da prefeitura do seu município. 

Esse cuidado em buscar essas licenças e permissões de funcionamento é essencial para não criar celeumas com a fiscalização da sua cidade e, ainda, funcionar de forma totalmente legalizada, fortalecendo a confiança com seus pacientes.

Legalize seu consultório na vigilância sanitária

A vigilância sanitária tem regras muito específicas para o funcionamento legalizado de um consultório e vale a pena ficar de olho nelas.

No momento da concessão da sua licença de funcionamento, a vigilância sanitária poderá fazer observações importantes em relação aos equipamentos ambientais essenciais, que vão do tipo do piso utilizado até ao revestimento das paredes.

Estar atento a essas questões evita dores de cabeça futuras e é essencial para operar legalmente.

Outras licenças são igualmente importantes, como o Cadastro Nacional de Estabelecimento de Saúde e também o certificado expedido pela LIMPURB.

Como decorar um consultório médico de forma eficaz?

A decoração de um consultório pode parecer algo extremamente supérfluo, mas não é.

De um ambiente em que a saúde é tratada, é natural que se espere um ambiente sóbrio, que inspire segurança e conforto.

Enquanto seus pacientes esperam por sua consulta, é essencial que ele possa desfrutar de conforto, como poltronas confortáveis, limpas, com um cheiro agradável no ambiente e, até mesmo, com um espaço dedicado ao entretenimento das crianças.

Invista em flores naturais ou folhagens que possam ser acomodadas facilmente em locais fechados, o que pode trazer também grande conforto ao ambiente.

Tenha móveis funcionais, mas que não pesem no ambiente, de cores agradáveis e neutras e invista sempre em causar uma boa impressão imediata em seus pacientes.

Por que eu devo me preocupar com a decoração?

A decoração do seu consultório é o primeiro contato que o seu paciente terá com o seu trabalho.

Diante disso, é essencial que ela inspire confiança, que seja agradável e, sobretudo, confortável.

Ir ao médico pode ser angustiante para muitas pessoas, o que pode comprometer não só a consulta, mas a relação que poderia ser estabelecida com o paciente.

Ter um ambiente muito limpo, confortável, sóbrio e sem excessos, faz justamente com que essa primeira impressão seja a melhor possível.

O que considerar na hora de decorar um consultório médico?

A decoração do seu consultório deve trabalhar a seu favor. 

Invista em móveis planejados, que permitam uma melhor organização do espaço e, sempre que possível, conte com a ajuda de um arquiteto para fazer esse projeto, evitando a impressão de improviso.

Prefira sempre tons neutros, que transmitam a sensação de limpeza e de amplitude e não deixe nunca de ter acessórios decorativos que se comuniquem com você.

Vasos, livros, plantas e flores devem ser sempre impecáveis e bem cuidados.

O que evitar na decoração de um consultório médico?

Evite sempre que possível em sua decoração a presença de móveis mal conservados. Na dúvida entre aquele sofá mais ou menos e cadeiras mais simples, opte pela simplicidade, mas nunca por aquilo que não está em perfeitas condições de uso e de apresentação.

As cores mais escuras e vibrantes podem ser aplicadas com sabedoria em uma ou outra parede, ou mesmo através de acessórios decorativos, mas nunca devem ser predominantes.

E, sobretudo, não seja exagerado. Quadros grandes, que não se comunicam com você, prateleiras de diplomas ou fotos da família podem ser super importantes para você, mas não são, necessariamente, para seus pacientes.

Como organizar o consultório médico?

Agora que você já sabe o que levar em conta no momento de abrir seu consultório médico, é essencial ficar de olho na organização dele.

Veja, agora, as nossas dicas de organização do seu consultório:

Organize a agenda

A sua agenda deve sempre ser absolutamente respeitosa com seus pacientes e sempre ter sistemas de prevenção de atrasos, evitando que a sua sala se acumule de pacientes insatisfeitos.

Para que isso ocorra, digitalize a sua agenda em um programa que permita um gerenciamento perfeito dos seus horários, sempre marcando suas consultas com algum intervalo entre uma e outra, evitando, assim, que as consultas seguintes atrasem.

Busque também estabelecer uma rotina de confirmação de consultas com seu paciente, evitando que sua agenda tenha faltas e falhas.

Organize a recepção

A sua recepção deve ser muito organizada, pois é ali que a sua rotina de trabalho será efetivamente construída. 

É sempre muito importante que documentos sejam sempre organizados, bem como o ambiente como um todo.

Se você criar um sistema em que cada coisinha tem o seu devido lugar, será mais simples de organizar a sua rotina e o seu trabalho funcionará melhor, como um todo.

Além disso, através da organização da sua recepção, é mais simples também fazer com que seu paciente se sinta acolhido e seguro, além de mais confortável.

Otimize o atendimento

Organizar seu atendimento e otimizá-lo com ferramentas tecnológicas permite que você seja mais eficiente em seus atendimentos, localizando rapidamente informações importantes dos seus pacientes.

Prontuário digital

Aderir ao prontuário digital é uma etapa essencial para a organização da sua rotina de atendimentos.

Com um sistema de prontuário, você localiza as informações do seu paciente de forma simples e rápida e ainda sistematiza a entrada de registros mais relevantes, podendo destacá-los. 

Além disso, caso seu paciente necessite do seu prontuário, basta imprimi-lo e entregar a ele, evitando complicações em relação ao arquivo. 

Telemedicina

Com a pandemia causada pelo novo Coronavírus, investir em atendimentos à distância se tornou essencial para os médicos. 

Através da telemedicina é possível contribuir com o controle de deslocamento dos seus pacientes, melhorando também os níveis de isolamento social e diminuindo, assim, a exposição ao vírus.

Além disso, através da telemedicina é possível garantir o acompanhamento de pacientes, avaliando queixas, fazendo o monitoramento de doenças crônicas e, atualmente, até emitindo receitas médicas à distância, sem comprometer a sua rotina.

Otimize o financeiro da sua clínica

Conforme falamos, a sua clínica médica deve ser compreendida como uma empresa, que exige investimentos, controle de caixa, compra de materiais de escritório, insumos específicos para a sua prática médica e, ainda, a contratação de profissionais para outros atendimentos, como de limpeza e recepção.

Além disso, é essencial que os seus equipamentos de trabalho sejam os melhores possíveis, que tenham sempre a sua manutenção realizada periodicamente e, ainda, que transmitam a segurança que seu paciente precisa sentir.

Para isso, estudar técnicas de gerenciamento financeiro é um passo essencial, uma vez que sua clínica irá depender da sua capacidade de gestão, de controle de fluxo de caixa e, sobretudo, em sua visão sobre reinvestir no seu negócio parte do seu lucro, tornando seu consultório cada vez melhor.

Por que ser um médico empreendedor?

Ser um médico empreendedor é uma grande virada de chave para qualquer profissional que deseje se aventurar abrindo seu próprio consultório.

Quando observamos o consultório médico como uma empresa, passamos a observar formas de alcançar lucro, de aumentar a produtividade, de organizar rotinas de trabalho e, efetivamente, colocar em prática as ações que permitirão o seu sucesso e, mais do que isso, o construirão.

Portanto, abrir uma clínica ou um consultório médico requer também o conhecimento de gestão e liderança para além do tratamento de saúde.

A Mobiloc conta com os melhores móveis para consultório e equipamentos médicos para que você possa dar o primeiro passo rumo ao sucesso do seu empreendimento!

Conclusão

Encarar o momento de abrir um consultório médico é desafiador para muitos profissionais, que buscam através desse espaço um ambiente em que possam, de forma independente, criar suas próprias rotinas de trabalho e sua própria carta de pacientes.

Embora possa ser bastante desafiador, abrir seu consultório médico pode abrir portas importantes para a sua carreira como um todo e, ainda, te ensinando, no dia a dia, os princípios de liderança e gestão que são também essenciais para que seu empreendimento seja de sucesso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dezessete + um =

Rolar para cima