CENTRAL DE ATENDIMENTO: (11)3090-4336 | vendas@mobiloc.com.br

Casa Sonoterapia CPAP e BiPAP: O Que são, Diferenças e Benefícios

CPAP e BiPAP: O Que são, Diferenças e Benefícios

cpap e bipap o que sao diferencas beneficios

BiPAP ou Bilevel Positive Airway Pressure é um equipamento semelhante ao CPAP, porém com duas pressões respiratórias: uma inspiratória e outra expiratória.

Se você foi diagnosticado com apneia do sono, provavelmente foi apresentado a pelo menos uma das opções de tratamento possíveis, CPAP e BiPAP.

A terapia mais comum – e eficaz – é a pressão positiva contínua nas vias aéreas (CPAP), mas talvez você precise de um tratamento mais complexo, que imite as pressões da respiração natural.

O aparelho BiPAP faz essa função. Ele emite pressões programadas para inspiração e expiração.

Você também pode estar curioso para saber a diferença entre duas opções de tratamento semelhantes: terapia com aparelho CPAP e BiPAP (ou bi-nível). 

Neste artigo, compartilharemos os prós e os contras de cada um, bem como o que os torna diferentes e por que você pode se beneficiar um do outro. 

O que é CPAP?

cpap e bipap o que e cpap

CPAP significa “Pressão positiva contínua nas vias aéreas” e é usado para tratar a apneia obstrutiva do sono (AOS). 

O suprimento contínuo de ar pressurizado da máquina CPAP aplica pressão suficiente para manter as vias aéreas abertas enquanto você dorme.

Como resultado, você pode conseguir a respiração ininterrupta necessária para um sono de qualidade

As máquinas de CPAP fornecem ar pressurizado a uma pressão específica e não podem alterar as pressões automaticamente como uma máquina de APAP.

Para quem é bom? As máquinas de CPAP são boas para quem poderá ficar sob a mesma pressão por muitos anos e que não precisa de muitos ajustes ao longo do tempo.

Benefícios da terapia CPAP

O uso do CPAP para tratar a apneia, um dos distúrbios do sono mais comuns, pode melhorar sua vida e tornar cada dia melhor. Pode ajudar a melhorar o seu: 

Alerta diurno

Sonolência e fadiga diurna são sintomas comuns da apneia do sono. O CPAP pode restaurar seu padrão normal de sono e aumentar seu tempo total de sono, eliminando as pausas respiratórias durante o sono. 

Isso o ajudará a acordar se sentindo mais revigorado e a aumentar sua energia ao longo do dia.

Concentração

A apneia do sono grave e não tratada pode danificar o tecido cerebral. Como resultado, você pode ter problemas para se concentrar. Você também pode sofrer com perda de memória. 

O uso do CPAP pode melhorar sua capacidade de pensar, concentrar-se e tomar decisões. Isso também pode melhorar sua produtividade e diminuir sua chance de cometer um erro caro no trabalho. 

Estabilidade emocional

A apneia do sono não tratada aumenta o risco de depressão. O CPAP pode ajudar a melhorar seu humor, reduzir seu risco de depressão e melhorar sua qualidade de vida geral.

Ronco

Ao manter as vias aéreas abertas enquanto você dorme, o CPAP reduz ou elimina o som do seu ronco. Embora você não perceba, seu parceiro de cama se beneficiará de um ambiente de sono mais calmo. 

Gastos médicos

Ao melhorar sua saúde, a terapia com CPAP pode reduzir suas despesas médicas. A apneia do sono pode levar a mais problemas de saúde e mais consultas médicas. 

O tratamento para sérios riscos à saúde associados à apneia do sono, como doenças cardíacas, derrame e diabetes, pode ser caro.  As despesas médicas diminuirão quando você usar o CPAP para tratar a apneia do sono.

O que é BiPAP?

cpap e bipap o que e bipap

Os dispositivos BiPAP, ou BiLevel, usam duas pressões diferentes, uma pressão mais alta para inalação e uma pressão mais baixa para exalação. 

É importante ressaltar que, embora isso geralmente seja mais confortável, as máquinas BiPAP não são simplesmente uma “máquina CPAP melhor”. 

Muitas vezes, as máquinas BiLevel são usadas para tratar condições como apneia central do sono ou apneia complexa do sono, devido à capacidade exclusiva da máquina de solicitar a respiração.

As máquinas de CPAP têm seus próprios sistemas de redução de pressão embutidos, geralmente chamados de “alívio de expiração” ou “alívio de pressão”. Não é o mesmo que um BiPAP, mas é um sistema projetado para melhorar o conforto geral do usuário.

Por fim, a decisão do seu médico é se você precisa ou não de um BiPAP, e é importante lembrar que é apenas para uma finalidade médica específica.

Para quem é o BiPAP? 

O BiPAP é para quem sofre de apneia central do sono, apneia complexa do sono, insuficiência cardíaca congestiva ou DPOC, entre outras condições. 

Ele pode ser usado para tratar a apneia obstrutiva do sono, mas existem opções muito menos caras disponíveis, se esse for o único motivo pelo qual você prefere um dispositivo de terapia BiLevel.

Benefícios da terapia BIPAP

O BiPAP é um tratamento melhor para pessoas com restrições respiratórias. Pessoas com restrições respiratórias podem ter problemas para obter oxigênio suficiente e expulsar CO2 suficiente. 

O BiPAP pode melhorar suas trocas gasosas, o que ajuda o corpo a funcionar com mais eficiência. A limpeza do corpo de CO2 também pode impedir uma condição perigosa e às vezes mortal chamada hipóxia.

O BiPAP facilita a expiração – o que é bom para quem precisa de uma pressão inspiratória mais alta. 

Se o seu médico recomendar uma pressão de ar acima da média para ajudar a impedir o colapso das vias aéreas, você pode achar que exalar essa pressão é desafiador e desconfortável. 

Trabalhar para expirar não é divertido, e pode realmente levar a um nível mais alto de CO2 no sangue. Muitas pessoas com necessidade de pressão mais alta acabam mudando do CPAP para o BiPAP.

O BiPAP inclui um recurso opcional de temporização da respiração. Essa configuração pode medir a taxa de respiração do sono e definir uma “taxa ideal” para a frequência com que você deve inspirar e expirar por um período determinado. 

Quando você dorme, se ficar muito tempo sem inalar, o BiPAP aumentará temporariamente a pressão do ar. Isso força você a respirar. 

Depois de retomar a respiração na taxa normal, a configuração automática retorna ao nível anterior de pressão de ar.

Quais são as principais diferenças entre o CPAP e o BIPAP?

Há uma grande diferença entre as máquinas CPAP e BiPAP. As máquinas de CPAP são configuradas com uma única pressão, enquanto as máquinas BiPAP são programadas com duas pressões distintas, uma para inalar e outra para expirar. 

As máquinas CPAP são usadas principalmente para tratar a apneia obstrutiva do sono, enquanto as máquinas BiPAP são usadas para tratar a apneia central do sono, a apneia complexa do sono ou a DPOC.

Aqui estão algumas outras diferenças importantes entre as máquinas:

  • Não há máquina BiPAP ultra-portátil, enquanto existem CPAPs de viagem;
  • Diferentemente dos CPAPs, as máquinas BiPAP podem fornecer configurações de pressão de até 25;
  • As máquinas BiPAP podem ser mais confortáveis ​​devido às duas pressões diferentes.

Além disso, os sensores na máquina BiPAP detectam um aumento no fluxo de ar à medida que você inspira e imediatamente adicionam a esse fluxo de ar inalado, aumentando seu volume. 

Quando você expira, os sensores indicam que o fluxo de ar parou e reduz a quantidade de pressão de ar aplicada às vias aéreas. Como resultado dessa mudança no fluxo de ar, a respiração se torna mais fácil.

Quando usar CPAP e BiPAP?

cpap e bipap quando usar

A terapia com CPAP é usada entre pessoas com problemas respiratórios graves durante o sono

É o tratamento de apneia do sono mais recomendado para pacientes que sofrem de apneia obstrutiva do sono porque não conseguem receber ar suficiente para os pulmões. 

Além dos adultos, esse tratamento para apneia do sono também é usado em bebês. Os lactentes cujos pulmões ainda não se desenvolveram totalmente serão submetidos à terapia com CPAP para que o ar seja injetado nos pulmões.

Já o BiPAP é frequentemente usado em indivíduos que precisam de suporte respiratório extra

É frequentemente prescrito para pacientes com insuficiência cardíaca congestiva / doença arterial coronariana e distúrbios médicos pulmonares ou neurológicos. 

Pacientes com distúrbios neuromusculares também podem se beneficiar do diferencial de pressão de um dispositivo BiPAP.

Como determinar o tipo de aparelho que você precisa?

cpap e bipap como determinar tipo aparelho

Se você tem apneia do sono, é bem provável que o seu médico irá te receitar um CPAP.

Embora as máquinas de CPAP possam ser o tratamento mais eficaz para apneia do sono, elas podem levar algum tempo para se acostumar. 

Se você seguiu todas as dicas para obter mais conforto, como usar sua máscara algumas horas antes de dormir, usá-la durante cochilos ou experimentar diferentes tipos de máscara e até usar um umidificador e ainda assim apresentar problemas, você pode simplesmente precisar de um BiPAP.

É muito comum, também, pessoas que não se adaptam ao CPAP – os chamados intolerantes. Essas pessoas acabam não se adaptando ao uso e, com isso, interrompendo o tratamento. 

Se você ainda não se adaptou ao CPAP, é válido procurar o seu médico e avaliar novos tipos de máscaras ou até mesmo a troca para o BiPAP. 

Quais são os efeitos colaterais do BIPAP e CPAP?

cpap e bipap efeitos colaterais

Como todo tratamento, o uso do CPAP ou BiPAP também podem causar alguns efeitos colaterais.

Efeitos indesejáveis do CPAP

Embora a terapia com CPAP seja um dos métodos mais bem-sucedidos para tratar e reduzir os sintomas da apneia do sono, existem vários efeitos colaterais da CPAP que podem ocorrer após o uso constante do equipamento para apneia do sono. 

Se você usa uma máscara de CPAP e usa uma máquina de CPAP, esses problemas podem lhe parecer familiares.

Aerofagia

Este é o termo médico para comer ou engolir ar. Isso geralmente ocorre quando a pressão do CPAP é muito alta para você e pode resultar em gases e inchaço.

Desconforto

Usar uma máscara de CPAP às vezes pode causar desconforto ao tentar dormir. A máscara pode parecer volumosa e constritiva, e a mangueira pode atrapalhar a tentativa de dormir em posições diferentes das costas. 

A expiração também pode ser desconfortável se a pressão do equipamento para apneia do sono for muito alta.

Claustrofobia

Muitas pessoas se sentem claustrofóbicas enquanto usam uma máscara de CPAP, porque a máscara se ajusta ao seu nariz. 

A sensação de claustrofobia pode ser ainda pior para aqueles que usam uma máscara facial que fica ao redor da boca e do nariz.

Vazamento (Mask Leak)

Se sua máscara de CPAP não se encaixar corretamente ou não estiver limpa, pode causar vazamento. 

Quando há um vazamento, há uma alta probabilidade de que o seu equipamento CPAP não consiga atingir a pressão definida.

Nariz seco, entupido ou hemorragias nasais

Ter um nariz seco ou entupido é um efeito colateral comum do CPAP porque o ar da máquina está sendo soprado para as vias aéreas. 

Esse fluxo constante de ar também pode causar sangramentos nasais.

Irritações da pele

Como as máscaras de CPAP se ajustam perfeitamente ao seu rosto e são usadas repetidamente, sua pele pode ficar irritada.  Esse efeito colateral do CPAP pode resultar em irritações na pele, como erupções cutâneas ou úlceras de pressão. 

Boca seca

Sofrer com a boca seca é outro efeito colateral comum do CPAP para aqueles com uma máscara facial, além de pacientes com uma máscara nasal que respiram pela boca. 

Infecções

Se uma máquina de CPAP ou máscara de CPAP não for devidamente limpa regularmente, podem ocorrer infecções, como infecções pulmonares ou sinusais.

Dores de cabeça

Embora as dores de cabeça não sejam um efeito colateral comum do CPAP , elas podem ocorrer se a pressão da máquina estiver muito alta ou se houver um bloqueio nos seios da face.

Desconforto pulmonar

Alguns pacientes que usam a terapia com CPAP se queixam de uma sensação de queimação nos pulmões. 

Isso geralmente resulta da inalação de ar seco ou frio da máscara de CPAP. Esse efeito colateral do CPAP pode ser reduzido com a umidificação quente.

Tontura

Alguns se queixam de tontura depois de usar uma máscara de CPAP. Embora o mecanismo para esse sintoma não seja claramente conhecido, alguns acreditam que isso possa ocorrer devido à mudança de pressão no ouvido médio. 

O sintoma deve durar pouco se for devido à terapia com CPAP.

Falta de ar

Enquanto outro efeito colateral comum do CPAP é a queixa de falta de ar, esse sentimento é geralmente sensorial. É apenas a sensação de não receber ar suficiente, porque uma máquina CPAP funcional nunca reduz a quantidade de ar que pode ser inalada.

Embora existam efeitos colaterais relacionados ao uso de equipamentos para apnéia do sono, é importante cumprir com a continuação do uso. 

Não usar a máscara e a máquina de CPAP conforme prescrito pode causar problemas de saúde maiores e mais graves, como fadiga, pressão alta, arritmias cardíacas, insuficiência cardíaca, ataque cardíaco ou derrame.

Efeitos indesejáveis do BiPAP

Os efeitos colaterais mais comuns da terapia BiPAP incluem:

  • Nariz seco;
  • Congestão nasal;
  • Rinite;
  • Gases;
  • Desconforto geral;
  • Claustrofobia.

Se a sua máscara estiver solta, você também poderá ter um vazamento de ar na máscara. Isso pode impedir a máquina de manter a pressão prescrita. Se isso acontecer, pode afetar sua respiração.

Para impedir que um vazamento de ar aconteça, é crucial que você compre uma máscara devidamente ajustada à boca, nariz ou ambos. 

Depois de colocar a máscara, passe os dedos pelas bordas para garantir que ela esteja “selada” e ajustada ao seu rosto.

Dicas para acertar na escolha do seu aparelho CPAP e BIPAP

As máquinas CPAP e BiPAP são parecidas, têm os mesmos anexos e usam a mesma máscara e suprimentos de CPAP. 

No entanto, cada tratamento da apneia do sono é usado para uma finalidade especial e tem suas próprias vantagens. 

As máquinas de CPAP são usadas principalmente para tratar a apneia obstrutiva do sono, enquanto as máquinas de BiPAP são usadas para tratar a apneia central, a apneia complexa do sono ou a DPOC. 

Quanto ao custo, o BiPAP historicamente tem sido mais caro que o CPAP, o que pode influenciar os consumidores cuja apneia do sono também pode ser tratada. 

O conforto e o gosto de cada máquina dependem do indivíduo, mas geralmente o BiPAP é frequentemente usado quando o CPAP não é tolerado pelo usuário. 

Uma das muitas vantagens da máquina BiPAP é que a tensão diminui durante a expiração. Isso limita a quantidade de energia gasta durante a expiração. Em outras palavras, é mais fácil expirar com o BiPAP do que com o CPAP.

Para aqueles que não preferiram o CPAP no passado, uma segunda tentativa pode valer a pena, porque existem novas tecnologias que aumentam o conforto com o CPAP.

Se o CPAP e o BiPAP não são os tratamentos corretos para a apneia do sono, existem outros tipos de dispositivos de suporte ventilatório, incluindo Servoventilador Adaptativo (SVA)

Conclusão

Trabalhe com seu médico para descobrir o melhor plano de tratamento para você. Seus sintomas individuais ajudarão seu médico a decidir sobre terapias e a fazer recomendações personalizadas.

Muitas pessoas com apneia do sono geralmente acham que dormir é desconfortável. 

Escolher entre CPAP e BiPAP é tarefa para um profissional especializado. Conte com ele para definir o melhor caminho a percorrer. 

O seu médico também pode recomendar uma combinação de medicamentos e terapias com oxigênio.

Ao explorar suas opções, pergunte ao seu médico:

  • Qual é a melhor terapia para mim?
  • Existem alternativas?
  • Vou precisar usar isso diariamente, periodicamente? É uma solução temporária ou permanente?
  • Que tipos de mudanças no estilo de vida posso fazer para melhorar meus sintomas?

Por fim, a terapia que você escolher dependerá do efeito que sua função pulmonar exerce sobre você e de quais métodos obterão melhor o ar necessário para seus pulmões.

Conte com a Mobiloc na hora de escolher a sua máquina CPAP ou BiPAP.

Nossos especialistas estão prontos para te atender!

Post Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

11 + 20 =