Aparelho de oxigênio portátil: Conheça as características e funções deste equipamento respiratório!

O que é concentrador de oxigênio? Descubra para que servem, para quem são indicados, e como funcionam os aparelhos de oxigênio portátil! Confira!

O aparelho de oxigênio portátil e o concentrador de oxigênio são equipamentos muito utilizados na oxigenoterapia, frequentemente em ambiente domiciliar.

Este tipo de tratamento é realizado a partir da administração de frações de oxigênio suplementar, a fim de que os pacientes tenham uma qualidade de vida nas suas atividades diárias. 

Neste artigo você irá conhecer sobre o que é um aparelho de oxigênio portátil, um concentrador de oxigênio e como funciona. Confira agora e se informe já sobre esta terapia!

O que é um concentrador de oxigênio?

Um concentrador de oxigênio é um dispositivo médico usado para fornecer oxigênio a indivíduos com distúrbios respiratórios. 

Indivíduos cuja concentração de oxigênio no sangue é inferior ao normal, geralmente requerem um concentrador de oxigênio para repô-lo.

Apesar de ser fácil comprar um concentrador de oxigênio sem receita médica, o ideal é que você consulte um especialista para que ele possa prescrevê-lo depois de concluir uma avaliação completa e verificar a necessidade. 

Os médicos também costumam mostrar aos pacientes como usar efetivamente esses concentradores durante a viagem e em casa.

Os concentradores de oxigênio filtram o ar circundante, comprimindo-o até a densidade necessária e, em seguida, entregando oxigênio purificado de grau médico em um sistema de entrega de dose de pulso ou sistema de fluxo contínuo para o paciente.

Também é equipado com filtros especiais e camas de peneira que ajudam a remover o nitrogênio do ar para garantir o fornecimento de oxigênio completamente purificado ao paciente. 

Esses dispositivos também vêm com uma interface de usuário eletrônica para que você possa ajustar os níveis de concentração de oxigênio e as configurações de fornecimento. Você então inala o oxigênio através da cânula nasal ou máscara especial.

Você geralmente mede a saída do concentrador de oxigênio em LPM (litros por minuto). Seu médico determinará o nível de oxigênio de que você precisa, que pode variar em repouso, durante o sono e quando você se exercita.

Para quem o concentrador de oxigênio é indicado?

Alguns exemplos de condições agudas em que você precisa do uso de um concentrador de oxigênio para terapia de oxigênio de curto prazo são:

Asma

Esta condição ocorre quando as vias respiratórias ficam inflamadas e começam a produzir muito muco, o que torna mais difícil respirar. 

Embora existam vários produtos farmacêuticos que podem tratar e controlar a asma, um concentrador de oxigênio pode bombear altos níveis na corrente sanguínea do paciente enquanto ele está tendo ou já teve um ataque de asma.

Pneumonia 

A pneumonia é uma infecção em que você desenvolve inflamação em um ou ambos os sacos de ar dos pulmões e, em muitos casos, os enche de líquido. 

Muitos pacientes com pneumonia receberam prescrição de oxigenoterapia e tiveram bons resultados clínicos.

Síndrome da dificuldade respiratória (RDS)

RDS é um distúrbio respiratório que afeta principalmente os recém-nascidos, particularmente aqueles que nascem seis ou mais semanas antes da data do parto. 

Recém-nascidos que sofrem de RDS não criam surfactante suficiente (um líquido de revestimento do pulmão), fazendo com que seus pulmões entrem em colapso e dificultando a respiração. 

A oxigenoterapia com concentradores de oxigênio ajuda a bombear oxigênio na corrente sanguínea e nos pulmões dos bebês para reduzir complicações posteriores.

Doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) 

A DPOC afeta cerca de 16 milhões de pessoas e um concentrador de oxigênio pode ser um tratamento eficaz. 

Quando você tem DPOC, você tem danos pulmonares crônicos que tornam difícil para seus pulmões absorverem oxigênio suficiente. 

Como resultado, você pode ter dificuldade para respirar, e a oxigenoterapia por meio de um concentrador pode ajudar.

Fibrose cística 

Você herda essa condição com risco de vida. Causa danos ao sistema digestivo e aos pulmões. 

É uma condição rara que afeta as células do corpo responsáveis ​​pela produção de muco, suor e sucos digestivos. 

Os fluidos são trocados, resultando em uma solução mais pegajosa e espessa que obstrui os dutos, tubos e passagens do indivíduo infectado.

Apneia do sono

A apneia do sono é um distúrbio do sono que pode ser sério e fazer com que a respiração do indivíduo pare esporadicamente e comece durante o sono. 

Normalmente, o tratamento para essa condição é a pressão positiva contínua nas vias aéreas (CPAP), perda de peso e exercícios físicos, embora algumas pessoas com apnéia do sono possam necessitar de oxigenoterapia.

Para que servem os concentradores de oxigênio?

Existem muitas razões para um concentrador de oxigênio e os médicos podem recomendar a terapia de oxigênio a seus pacientes para várias condições médicas. 

Normalmente, seus pulmões absorvem o oxigênio do ar, transferindo-o para a corrente sanguínea.

Se você fez exames de sangue ou oximetria de pulso recentemente para avaliar seus níveis de saturação de oxigênio e descobriu que têm baixos níveis no sangue, seu médico pode recomendar terapia de oxigênio de curto ou longo prazo.

Mas, para que é usado um concentrador de oxigênio? 

Condições agudas geralmente requerem oxigenoterapia de curto prazo. Essas condições normalmente funcionam por um curto período de tempo. 

Eles podem ter um início súbito dos sintomas versus condições crônicas em que as coisas ocorrem gradualmente. No entanto, algumas doenças respiratórias ou crônicas requerem suplementação de oxigênio a longo prazo.

Como e qual concentrador de oxigênio escolher?

Com dezenas de modelos de concentrador de oxigênio para escolher, escolher um produto apropriado pode parecer uma tarefa assustadora. 

Para tornar a decisão mais fácil, é importante restringir a pesquisa determinando quais recursos são mais importantes para as necessidades específicas do usuário de oxigênio:

Requisitos de oxigênio

Ao escolher o concentrador de oxigênio certo, o fator mais importante a se considerar é a quantidade de oxigênio necessária. 

Alguns dos modelos de concentradores de oxigênio de maior capacidade podem produzir até 10 LPM. Se essa taxa de fluxo de oxigênio não for necessária, o modelo menor e menos potente, produzindo de 1 a 5 LPM, pode ser a opção superior.

Orçamento disponível para a compra

O próximo fator a considerar é o orçamento. Não só os concentradores domésticos têm um custo inicial, mas também terão um impacto contínuo na conta de luz doméstica. 

Assim como os automóveis, os concentradores de oxigênio estão se tornando cada vez mais eficientes em termos de energia, e os engenheiros estão encontrando maneiras de melhorar sua eficiência a cada ano. 

Como os concentradores de oxigênio usam a eletricidade da casa como fonte de energia, o custo aparecerá na conta mensal de eletricidade. Quanto mais oxigênio o concentrador produz, mais energia ele requer. 

Os modelos com maior eficiência energética podem custar mais inicialmente, mas podem economizar dinheiro no longo prazo.

Tamanho e portabilidade

Um aspecto adicional a se considerar para a compra de um concentrador de oxigênio é o tamanho. 

Os concentradores de oxigênio estão disponíveis em uma ampla variedade de formas, tamanhos e pesos. Alguns modelos são menores e podem caber em espaços apertados sem nenhum problema, como seria necessário para um paciente em um apartamento pequeno ou em um cenário de vida assistida. 

Algumas cores e designs irão se misturar com a decoração do quarto do usuário, tornando-os menos perceptíveis para o usuário que tem vergonha de sua oxigenoterapia. 

Planejar com antecedência e comprar um concentrador de oxigênio que atenda às necessidades espaciais evitará a preocupação com problemas de funcionalidade futuros. 

Os usuários devem comprar um concentrador de oxigênio que se adapte ao seu estilo de vida, em vez de ter que mudar seu estilo de vida para acomodar o aparelho.

Como usar um concentrador de oxigênio?

Posicione o seu aparelho concentrador de oxigênio em um local perto de uma tomada com a voltagem correta. Evite utilizar extensões ou adaptadores, para não danificar o seu aparelho ou rede elétrica.

Identifique a cânula que conecta a saída de oxigênio ao copo umidificador. Normalmente, ela se encontra em uma tampa, na lateral do equipamento.

Com o copo umidificador cheio de água destilada, conecte a cânula ao copo umidificador e à saída de ar do concentrador de oxigênio. Posicione o copo de forma a deixar um espaço de pelo menos dois dedos da base e prenda-o.

Encaixe a mangueira extensora ou o cateter nasal ao umidificador e ligue o seu concentrador de oxigênio. Se estiver utilizando um extensor, conecte o cano da sua máscara ou cateter nasal.

Regule o nível de oxigênio prescrito e posicione o cateter nasal ou máscara de oxigênio no rosto do paciente.

O que é um aparelho de oxigênio portátil?

O aparelho de oxigênio portátil é um aliado grande para pacientes com doenças pulmonares ou distúrbios respiratórios.

As pessoas que usam este aparelho reconhecem quanto são indispensáveis essa suplementação de oxigênio em diversas situações.

Os concentradores de oxigênio irão armazenar e filtrar as moléculas de oxigênio em seu interior. Todo o processo é executado dentro do interior da máquina. 

O ar captado do ambiente que tem 21% de oxigênio é purificado, é feita a concentração de oxigênio e enviado ao paciente através das cânulas ou máscaras.

Qual a diferença entre o aparelho de oxigênio portátil e o estacionário?

No mercado encontramos dois tipos de modelos de concentradores de oxigênio: portáteis e os estacionários.

O modelo estacionário pode ser usado em tratamentos de longo e curto prazo. Este é maior, pois possui maior capacidade de armazenamento de oxigênio concentrado e funciona com energia elétrica.

Já o aparelho de oxigênio portátil (como o nome já diz) é uma versão portátil do equipamento. Neste modelo é, frequentemente, orientado para pacientes que usam de forma contínua este equipamento, porém necessitam de maior mobilidade em sua rotina!

Algumas pessoas necessitam usar este equipamento somente ao dormir, já outras somente para se locomover ou realizar atividades físicas, assim como tem casos em que o uso é contínuo (24 horas).

Com este aparelho de oxigênio portátil o indivíduo terá mais liberdade e permite locomoção com suporte suplementar de oxigênio em sua rotina diária.

Leia também: Tipos de andadores para idosos – Conheça os principais

Qual é melhor: aparelho de oxigênio estacionário ou portátil?

O portátil é muito mais leve que o estacionário, chega ter modelos até de 1 kg. Funcionam com bateria e dependem da configuração podem até possibilitar oxigenação por até 3 horas na bateria padrão, tendo ainda a opção da compra de baterias extras. Este modelo é mais utilizado a domicilio.

O aparelho de oxigênio portátil se mantém por meio de baterias com uma quantidade baixa de energia. A oxigenação costuma cair quando a pessoa está em movimento e isso pode dar a sensação de falta de ar em quem possui algumas doenças respiratórias.

Esta é a melhor opção para pessoas que precisam de oxigênio suplementar em outros momentos do dia a dia, como uma caminhada, ou ir ao médico ou sair para jantar com a família fora de casa.

O funcionamento do oxigênio portátil acontece por meio de baterias recarregáveis. Sua capacidade de concentração é menor do que a do estacionário, logo é necessário verificar a compatibilidade da quantidade indicada em relação a capacidade do equipamento.

Leia também: Camas articuladas para idosos: O que são e como funcionam?

Como funciona o aparelho portátil de oxigênio?

Saiba que o concentrador de oxigênio portátil é uma possibilidade de ajudar a sua oxigenoterapia. Este tratamento cuja função é oferecer o oxigênio complementar a fim de que o paciente tenha a saturação da substância acima de 90%, a ideal para a saúde.

Em determinados casos, esta taxa de oxigênio pode cair, sendo necessária a reposição através do uso de um concentrador de oxigênio.

Leia também: 7 tipos de cadeira de rodas – Saiba como escolher a melhor

Como escolher o melhor aparelho?

Para escolher qual concentrador, o ideal, primeiramente você precisa se informar qual a quantidade que o médico ou fisioterapeuta que fez o acompanhamento indicou, uma vez que cada concentrador de oxigênio portátil possui uma capacidade de concentração;

Também você precisa saber quanto tempo usará o equipamento, pois estes concentradores possuem resistência de funcionamento;

Existem pessoas que precisam usar o aparelho apenas quando dormem, outras somente para se locomover ou fazer atividades físicas e tem casos que é necessário usar 24 h por dia.

Quais as vantagens do aparelho de oxigênio portátil?

aparelho oxigenio portatil vantagens

O aparelho de oxigênio portátil ajuda na oxigenoterapia

Com o aparelho portátil de oxigênio você terá mais liberdade e qualidade de vida na oxigenoterapia!

Estes são indicados para pacientes com insuficiência respiratória que estão em tratamento com oxigênio, com orientação médica. 

O concentrador de oxigênio estacionário é indicado para curtos períodos e para usos contínuos. Seu funcionamento acontece apenas ligado a energia elétrica e a capacidade de concentração é alta e contem resistência.

São desenvolvidos para uso em ambiente hospitalar domiciliar e as suas capacidades de concentração irão depender do modelo.

Quando os pacientes são indicados para utilizar o concentrador de oxigênio para dormir já estão em estágios avançados de algumas doenças ou até tiveram prescrição médica para dormir, devem usar o modelo estacionário. 

E quando o paciente tiver em casa é melhor utilizar esse modelo optando pelo portatil somente em casos de queda de energia.

Quando utilizar um equipamento de oxigênio portátil?

O aparelho de oxigênio portátil propõe uma solução de terapia de oxigênio para os pacientes realizar o que desejam sem se preocupar ficar sem oxigênio.

Este concentrador de oxigênio oferece independência e a liberdade que os pacientes necessitam com um design durável, oferecendo uma terapia eficiente;

A bateria recarregável costuma ser de fácil remoção/substituição. Muitas dela fornecem até 3 horas de oxigênio;

Este equipamento portátil facilita muito a vida dos profissionais, uma vez que não precisa de nenhuma manutenção preventiva ou por parte do paciente. 

Conclusão

O aparelho de oxigênio portátil e o concentrador de oxigênio são muito úteis para pacientes com doenças respiratórias, que necessitam de um suporte nas suas atividades diárias. 

Eles são portáteis e de fácil utilização, para que os pacientes de todas as idades possam manusear com tranquilidade.

Estes pacientes terão melhor qualidade de vida e saúde com um tratamento seguro e eficiente!

Na Mobiloc você encontra este tipo de equipamento e conta com profissionais capacitados que o ajudarão na melhor escolha de seu equipamento para o início da terapia!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − 16 =

Rolar para cima